Selecione o cadastro


Notícias

Olho no Fluido Refrigerante 

 

Os fluidos refrigerantes são elementos essenciais para o funcionamento de qualquer sistema de refrigeração ou climatização, já que são os compostos químicos responsáveis pelas trocas térmicas nesses sistemas. Sem eles, nenhum equipamento conseguiria atingir sua finalidade de climatizar, resfriando ou aquecendo o ambiente, de forma adequada.

Dessa maneira, por ser um produto tão importante, garantir que ele seja de qualidade é fundamental para que não se tenha problemas futuros com os equipamentos.

Infelizmente, de acordo com diversos depoimentos de nossos leitores, o mercado tem sido alvo de fluidos refrigerantes de procedência duvidosa, que por serem geralmente mais baratos, acabam conquistando espaço no mercado. Esses produtos, no entanto, carecem de especificações técnicas adequadas e causam desde prejuízos econômicos às empresas até danos ao meio ambiente.

Empresas como Eletrofrio, Johnson Controls e Vulkan colecionam histórias associadas a fluidos refrigerantes de má qualidade.

Na Vulkan, por exemplo, o gerente de vendas André Eduardo Oliveira relata que tem sido comum receber reclamações de clientes em torno de supostos defeitos encontrados nas recolhedoras de fluidos refrigerantes. “Como dispomos em nosso portfólio de um equipamento que avalia a qualidade e a composição do fluido refrigerante, ao constatarmos que o problema foi ocasionado pela má qualidade dos fluidos utilizados, e isso quase sempre acontece, suspendemos a garantia de fábrica dada aos nossos produtos”, informa Oliveira. “Enquanto não contarmos no Brasil com uma fiscalização eficiente em relação à entrada de fluidos refrigerantes, não conseguiremos reverter essa situação e todo o mercado estará exposto a enormes prejuízos”, complementa.  na brasileira Eletrofrio, fabricante de expositores refrigerados, casas de máquinas e outros equipamentos para o varejo de pequeno e de grande porte, a recomendação é que haja cuidados, sobretudo, na reposição de fluidos refrigerantes. “Fluidos refrigerantes de qualidade asseguram a confiabilidade na operação dos sistemas de refrigeração em supermercados”, ressalta Rogério Marson Rodrigues, gerente de engenharia da empresa sediada em Curitiba, com 65 anos de atividades e atuação na América Latina. “Notamos que depois que os sistemas frigoríficos saem da garantia, usuários passam a adquirir refrigerantes de procedência duvidosa. Nossa orientação é clara no sentido de alertar para a escolha de gases de qualidade”, esclarece.

O engenheiro de campo da Johnson Controls, Cristiano Rayer Brasil, comenta que a empresa vem recebendo várias consultas de clientes sobre a possibilidade de compra de fluidos refrigerantes vendidos a preços muito inferiores aos normalmente praticados pelo mercado. “Agimos sempre buscando não autorizar sob nenhuma hipótese a utilização desses produtos. Aconselhamos também que, ao adquirir fluidos refrigerantes, toda a documentação necessária sobre o produto seja exigida do fornecedor”, explica Brasil.

André Eduardo Oliveira
Gerente de vendas - Vulkan

Rogério Marson Rodrigues
Gerente de engenharia - Eletrofrio

 

Não se deixe enganar

Dicas para a compra segura de fluidos refrigerantes

 

• Certifique-se de que o produto é adequado à aplicação que se pretende fazer.

 

• Confira no rótulo:

- nome ou marca

- origem (nacional ou importado)

- características

- composição

- razão social, endereço, telefone e CNPJ do fabricante; número do lote e peso líquido

 

• Verifique se há avarias e vazamentos nos cilindros e/ou danos no lacre e nas etiquetas

 

• Procure apenas fornecedores idôneos e de tradição no mercado, e exija a documentação pertinente ao produto adquirido.

 

Voltar