Selecione o cadastro


Eficiência energética na América Latina

O CAF - Banco de Desenvolvimento da América Latina – e um conjunto de instituições referenciadas (ver lista ao final) apresentaram o Programa Regional de Eficiência Energética. Trata-se de uma iniciativa relevante cujo objetivo é estimular a valorização da eficiência no mercado de energia, seja quanto ao emprego de recursos ou em relação à qualidade da produção. No setor de climatização e refrigeração há também uma preocupação em relação à eficiência energética de equipamentos. Neste particular, importante destacar que algumas tecnologias que possibilitam melhor eficiência já estão disponíveis no mercado. A inverter, por exemplo, conta com um sistema de ponta e seu funcionamento inteligente é capaz de evitar o alto consumo de energia. Especialistas ressaltam que a inverter, em tempos de substituição dos HCFCs, apresenta performance altamente satisfatória quando utiliza o fluido refrigerante R-410A, o mais indicado para aparelhos de ar-condicionado residenciais. R-410A não apresenta potencial de degradação da camada de ozônio, é de baixa toxicidade, não inflamável e capaz de proporcionar desempenho superior em até 40%, quando comparado com equipamentos projetados para o R-22. Uma dica de NR: a manutenção periódica é sempre importante para que os sistemas consumam menos energia elétrica.

Confira a seguir a relação de entidades da América Latina que se uniram ao CAF no Programa Regional de Eficiência Energética:

 

  • OLADE - Organização Latino-Americana de Energia;
  • ARPEL - Associação Regional de Empresas de Petróleo, Gás e Biocombustíveis na América Latina e no Caribe;
  • CIER - Comissão de Integração Elétrica Regional;
  • WEC - Conselho Mundial de Energia;
  • CEPAL - Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe;
  • OEA - Organização dos Estados Americanos;
  • ALADI - Associação Latino-americana de Integração.