Selecione o cadastro


Climatização em prédios comerciais

A busca pela eficiência energética nos edifícios comerciais tem se tornado um dos itens mais importantes para os incorporadores e construtores que buscam a certificação LEED – Leadership in Energy and Environmental Design. O que poucos sabem é que fluidos refrigerantes podem auxiliar nesse cenário. Os termos atuais da LEED determinam que ao integrar fluidos refrigerantes ambientalmente aceitos e com baixo potencial de aquecimento global ao sistema de climatização de um edifício, o empreendedor poderá receber crédito adicional na pontuação que determinará, ou não, a concessão da certificação. Fluidos com essas caraterísticas também agregam eficiência energética aos imóveis.

“Nos dias de hoje as empresas que projetam os empreendimentos têm olhado para três questões relacionadas ao uso de fluidos refrigerantes – ataque à camada de ozônio, eficiência energética e aquecimento global”, explica Manoel Gameiro, vice-presidente de Eficiência Energética da Abrava – Associação Brasileira das Empresas de Refrigeração, Ventilação e Aquecimento - e executivo da Trane/Ingersoll Rand, um dos maiores do mundo do setor de refrigeração, com faturamento de, aproximadamente, US$ 13 bilhões ao ano.

Maurício Xavier, diretor de negócios da DuPont para a América Latina, ressalta que a companhia já realizou dezenas de operações de Retrofit em edificações, para substituir fluidos refrigerantes HCFCs pelos HFCs da linha ISCEON. Essa medida contribui para adequar os empreendimentos à legislação derivada do Protocolo de Montreal e, consequentemente, proporciona maior pontuação de edifícios corporativos e residenciais que se candidatam a receber certificações ambientais. Confira abaixo os fluidos alternativos da DuPont que atendem ao Protocolo de Montreal e podem ser aplicados na climatização de prédios comerciais:

Equipamento

Fluido refrigerante

Perfil do produto

Condicionadores de ar comercial, Ar-condicionado de janela e split.  Equipamentos de refrigeração comercial.

Suva™ 410A

Desenvolvido para substituir o R-22 em equipamentos novos, de médias e altas temperaturas de evaporação. Oferece capacidade de refrigeração superior ao R-22 e devido às pressões significativamente mais altas com que trabalha, um compressor típico projetado para o HCFC-22 não pode ser utilizado com o Suva™ 410A.

Roof tops; condicionadores de ar de janela; Chillers de expansão direta; Splits; Self Contained, Unidades Condensadoras, Racks, entre outros.

ISCEON™ MO99

Alternativa ideal para Retrofit de R-22 em sistemas de condicionamento de ar e de refrigeração com expansão direta, por se tratar de um HFC de fácil utilização, compatível com os óleos OM, AB e POE.

Condicionadores de ar doméstico, comercial e industrial; chiller com condensação a água/ar e expansão direta; Balcões de supermercados; entre outros.

ISCEON MO29

HFC indicado para uso em Retrofit, substitui o R-22 em sistemas de refrigeração doméstica, comercial e industrial. Além de ser compatível com os óleos OM, AB e POE.