Selecione o cadastro


Setor HVAC-R está otimista no mercado colombiano

 

A última edição da prestigiosa revista ACR Latinoamérica trouxe como destaque uma reportagem que trata do crescente número de empresas internacionais que buscam o mercado colombiano. Quando questionados sobre o por quê de tamanho interesse, empresários e investidores apontam o avanço da infraestrutura entre as principais razões. O país, dizem os entrevistados, também conta com um parque industrial em crescimento e investimentos em tecnologia. A Colômbia, enfatiza a revista, reúne empresas cada vez mais fortalecidas e está se consolidando como um mercado consumidor promissor para o setor HVAC-R. Os últimos números divulgados pela Associação Colombiana de Ar Condicionado e Refrigeração (Acaire) indicam que em 2012 a venda de ar condicionado e de refrigeração no país obteve um crescimento setorial de 10% e as importações atingiram 65%. Os maiores fornecedores da área têm origem na China, que já responde por 85% da movimentação. Esse volume se deve, sobretudo, à presença de fabricantes de ponta como LG Electronics, Samsung Electronics e outros que estão ampliando o mercado e desenvolvendo novas tecnologias como a Inverter. Para o engenheiro Gabriel Jimenez, gerente geral de HVAC Consulting, o mercado colombiano sofreu uma grande transformação com a chegada de grandes marcas. "Nosso país está em ascensão e isso que estamos vendo tem trazido benefícios como melhores preços”, diz. “O comportamento do mercado colombiano de HVAC está no caminho certo, e agora deveremos enxergar avanços em outros temas, como a melhor formação de mão de obra para esse mercado e padronização/normatização técnica para procedimentos e equipamentos”, resume Daniel Fernandez, gerente de negócios para a região andina da Chemours Químicos e Fluorprodutos.