Selecione o cadastro


Dr. Retrofit

Cilindros retornáveis: dicas para armazenagem segura

O Dr. Retrofit desta edição conversou com Marcelo Félix de Oliveira, analista de qualidade do centro de distribuição da Chemours em Barra Mansa (RJ), Brasil, onde uma complexa operação de segurança aplicada a cilindros retornáveis de fluidos refrigerantes entra em ação todos os dias. Marcelo conta que, na companhia, todos os cilindros retornáveis são rastreados e inventariados. Passam também,  periodicamente, por testes hidrostáticos que avaliam sua condição de uso. “Cilindros cuja vida útil chega ao fim são automaticamente substituídos”, afirma. Notícias Refrescantes apurou junto a outras fontes do setor que, com o crescimento da circulação de fluidos refrigerantes de procedência desconhecida, aumentou também no mercado a circulação de cilindros não apropriados, cuja principal característica é a total ausência de recursos de segurança. Verificamos, ainda, que o chamado ‘comércio paralelo’ de fluidos refrigerantes vem tentando fazer com que seus produtos assumam características visuais parecidas com as dos cilindros pertencentes às empresas de renome. Portanto, tenha cuidado. Olho no cilindro! Anote as dicas do analista de qualidade da Chemours para uma armazenagem segura de cilindros retornáveis:

- Faça uma triagem em 100% das embalagens que você recebe.

- Atenção especial a cilindros que estejam amassados ou com a pintura danificada. Separe-os e contate o fabricante imediatamente.

- Siga as instruções presentes nas etiquetas dos cilindros retornáveis.

- Observe a procedência dos cilindros retornáveis e confirme sua origem.

- Ao manusear cilindros retornáveis, esteja sempre protegido por capacete e equipamentos de proteção individual (EPIs).