Selecione o cadastro


Dicas para a manutenção de Chillers

O setor de refrigeração industrial trabalha hoje com diversas tecnologias, sendo que o equipamento mais comum encontrado é o Chiller. Este sistema possui características que atendem as principais demandas do setor, como manter a temperatura segura de equipamentos na produção fabril, além de auxiliar em diversos outros processos dentro da indústria.

Considerando essa perspectiva, selecionamos abaixo algumas dicas importantes para o profissional de refrigeração sobre a manutenção desse tipo de equipamento:

 

 

Segurança:

Antes de qualquer reparo ou manutenção, o uso de EPIs – Equipamentos de Proteção Individual (como luvas, óculos, sapatos fechados, etc.) deve ser garantido. Com essa atitude, ajuda-se a evitar possíveis acidentes durante todo o processo.

 

 

 

Energia:

Cuidado! Mesmo após serem desligados, os circuitos de alimentação de energia do compressor podem se manter energizados. Fique atento ao interruptor de energia do sistema.

 

 

  

 

 

 

Vazamento de Fluido Refrigerante:

Caso houver algum vazamento de fluido refrigerante durante a operação, certifique-se da necessidade de recarregar o sistema.

Lembre-se de que o fluido a ser usado para completar a carga deve ser igual ao que o sistema já opera. No caso do chiller, os fluidos mais utilizados são R-134a, R-410A e R-407C.

IMPORTANTE: É muito importante usar fluidos de alta qualidade para evitar outros problemas no equipamento. Suva™ 134a, Suva™ 407C e Suva™ 410A possuem características técnicas superiores para manter a segurança e melhor rendimento do equipamento.

 

 

 Óleo Lubrificante:

Tanto o fluido R-134a, quanto o R-410A e o R-407C trabalham com o óleo lubrificante sintético Poliolester ou POE. Sua falta no sistema ou seu excesso podem danificar o equipamento. Fique atento a quantidade certa a ser aplicada!

 

 

 Filtro secador:

A substituição do filtro secador é fundamental sempre que o sistema é aberto. Ele tem a função de reter a umidade e partículas sólidas.