Selecione o cadastro


Segurança e Eficiência são indispensáveis para a Refrigeração Industrial

O ramo industrial cresceu 5% em fevereiro de 2014, em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo o IBGE. Para possibilitar esse crescimento, a indústria teve de investir em tecnologia e inovações para seus equipamentos, e aos que usam refrigeração em seus processos não foi diferente. Adquirir novos equipamentos de refrigeração ou realizar manutenções constantes nos sistemas já existentes são fatores primordiais para manter a produtividade, segurança e eficiência dos processos industriais.

No caso específico da manutenção de equipamentos, é importante observar as condições das peças e componentes do sistema, e, caso seja necessário substituí-las, é importante priorizar o uso de produtos de qualidade e segurança comprovadas, ao invés de considerar somente o critério preço.

São conhecidos no mercado os problemas que produtos sem garantia de origem provocam nos sistemas, afetando não somente o equipamento, mas também aos profissionais, à empresa e ao meio ambiente. Um exemplo são os casos que envolvem os fluidos refrigerantes, produtos responsáveis por realizar a troca térmica nos equipamentos de refrigeração. Foram relatados já diversos acidentes envolvendo fluidos adulterados, alguns culminando inclusive na morte de profissionais da manutenção.

Dessa forma, a fabricante mundialmente respeitada pela qualidade de seus produtos, Chemours, faz um alerta para o cuidado na compra de fluidos refrigerantes e dá algumas dicas do que observar quando for necessário adquirí-los:

  • Certifique-se de que o produto é adequado à aplicação que se pretende fazer
  • Confira no rótulo: nome ou marca, origem (nacional ou importado), características, composição, razão social, endereço, telefone e CNPJ do fabricante; também confira número do lote e peso líquido do produto;
  • Verifique se há avarias e vazamentos nos cilindros e/ou danos no lacre e nas etiquetas;
  • Desconfie de produtos vendidos a preços muito baixos. Esse pode ser um indício de que se trata de um produto de baixa qualidade ou adulterado;
  • Fique atento também à carga de produto indicada na embalagem e o seu peso real. Muitas vezes o que está registrado no rótulo não corresponde à real quantidade de fluido refrigerante dentro do cilindro;
  • Procure apenas fornecedores idôneos e de tradição no mercado.

Assista ao vídeo que comenta mais sobre os problemas com fluidos refrigerantes contaminados clicando aqui.